• Sem categoria
    22 de dezembro de 2010 | Por Juan Alves

      

    O Roney Ferreira é leitor do blog e assim que soube que ele é nutricionista esportivo, não hesitei em entrar em contato e pedi para que ele esclarecesse a algumas dúvidas conosco.



    O post em si ficou gigante, mas vale muito a pena a lida pela quantidade de informação de qualidade.

    Saca só:

       – Ainda hoje é difícil entrarmos em um consultório de um nutricionista convencional e ele receitar algum tipo de suplemento. Você acredita que ainda há uma resistência na área médica quanto a esses produtos?

    Existe sim um grande preconceito, já que a maioria dos profissionais não entendem nada ou quase nada de suplementação porque não tiveram isso na graduação. Eu por exemplo, sou apaixonado pela área de Nutrição Esportiva e não tive um módulo sequer na faculdade.

    Devemos ter em mente que suplemento é Alimento, só que em uma forma (pó, líquido, gomas, shakes) que podem ser melhor assimilado pelo organismo.

    Infelizmente muitos praticantes de atividade física acabando recorrendo a outros profissionais para obter informações a respeito do uso de suplementos (Principalmente médicos e profissionais de educação física).

    Na minha prática diária com atendimento a praticantes de atividade física eu faço uma consulta de aproximadamente 1h30, é através desta investigação na anamnese do paciente que conseguimos traçar o perfil alimentar, indicar o melhor suplementado com garantia de resultados significativos e sugerir protocolos.

    Como profissionais devemos salientar sempre que suplemento sozinho não faz milagres e que um bom treino, horas de sono e uma boa Alimentação que respeito as leis da Qualidade, Quantidade, Harmonia e Adequação é de grande valia para quem deseja aumentar massa muscular.

    – É realmente necessário consumir um suplemento em no máximo 30 dias após aberto?

    A tecnologia de produção da área Alimentícia está bastante avançada e quando coloca-se um determinado prazo no produto para ser consumido após aberto é porque foram feitos testes que comprovaram que durante aquele período o produto mantém suas características funcionais e organolépticas, desde que sejam armazenados fora da alcance de luz direta e umidade.

    Neste caso quando se compra produtos com grande volume de conteúdo, eu recomendo sempre que se guarde o produto bem fechado dentro da geladeira, preservando assim todas as propriedades nutricionais sem acarretar prejuízos à saúde e ao bolso.

    – Quais alimentos e suplementos são mais indicados antes do treino e pós-treino?

    Então Juan, para a prescrição do plano alimentar eu preciso saber do paciente vários pontos: quanto tempo se exercita, tipo de exercício que pratica, com qual duração, frequência e intensidade e principalmente qual o horário do treino.

    Falando especificamente do exercício com peso (musculação), devemos priorizar antes do treino os carboidratos de baixo índice glicêmico (liberam açúcar lentamente na corrente sanguínea, fazendo assim que o treino seja mais produtivo).

    No pós-treino, devemos priorizar proteínas de AVB – contém todos os AA essencias importantes para síntese protéica: (frango, carne vermelha –  rica em creatina, ovos s/gema) associado a um carboidrato de alto índice glicêmico (macarrão ao molho por exemplo, arroz).

    – Quanto a ingestão de malto e ou dextrose, quando ingerí-la (s)?

    Se você treina muito (fisiculturista) seria interessante ingerir durante o treino para que você reponha o glicogênio perdido durante o treino, caso contrário acho um pouco desnecessário. Sem contar que ingerido em grandes quantidades pode provocar distúrbios gástricos, como diarréia.

    A malto e a dextrose é legal para ser ingerida no pós treino associado a uma Whey, pois fisiologicamente quando você ingere um açúcar simples maior será o pico de insulina e é exatamente nesta hora que o corpo está apto para aproveitar os macronutrientes (CHO, Gorduras e principalmente PTN).

    –  Hoje há diversas marcas e cá entre nós, algumas bem duvidosas. Há algumas que possuem uma maior confiabilidade?

    A indústria de suplementos colocou no mercado muita gente despreparada e oportuna que visa somente lucros, nada mais. Então ao chegar na loja, tome cuidado com os famosos vendedores de suplementos.

    Observe primeiramente se o produto tem registro na ANVISA. Siga observando o rótulo e veja se o mesmo fornece o SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor. Veja também se a embalagem possui lacre que evita que qualquer substância ilícita possa ser acrescido durante o transporte, veja se possui data de fabricação e data de validade e se possui também como diferencial o selo da Abenutri – Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais.

    A Abenutri é uma entidade que certifica somente as empresas nacionais e internacionais que trabalham com ética e honestidade, garantido produtos da mais altíssima qualidade. Seguindo essas dicas tenho certeza que o melhor suplemento será comprado.

    – Para finalizar, fique à vontade para deixar alguma mensagem para os leitores do blog.

    Quero deixar aqui primeiramente os meus agradecimentos a todos que fazem do HQSC um blog de sucesso. Sempre que posso entro e comento em tudo, pois todos os assuntos me interessam.

    Quero registrar também que sou completamente a favor da equipe multidisciplinar na academia e/ou Clube (fisiologista, nutricionista, educador físico, fisioterapeuta, entre outros) e gostaria que toda as academias e/ou clubes tivesses condições de ter um leque destes ou mais profissionais atuando, pois o maior beneficiário seria o cliente/paciente.

    Aproveitando também, quero deixar aqui um alerta de que hoje vejo muito profissionais médicos prescrevendo dietas – ato ilegal por lei (aliás, prescrevendo não, baixando da internet e entregando como se todo o indivíduo fosse igual).

    Devemos ter sempre em mente que é nosso dever  respeitar o que chamamos de individualidade bioquímica tanto na hora de indicar um suplemento, tanto na hora de prescrever uma dieta e até mesmo na hora de montar um treino. O que é bom para mim pode ser maléfico para o próximo, afinal, cada ser é único e é isso que faz toda a diferença e a graça da vida.

    Aos que praticam atividade física e desejam obter melhores resultados com sua alimentação, procurem um bom nutricionista da área Esportiva. Comprovo na minha rotina diária que o meu trabalho de prescrição de plano alimentar em conjunto com a prescrição de treino dos excelentes profissionais de educação física que atuam comigo,  deixam o aluno muito mais entusiasmado para seguir seus objetivos.

    Obrigado à todos,

    Bom Natal e Feliz 2011!

    RONEY FERREIRA DE PROENÇA
    Nutricionista
    CRN-3 27016




    Enfim, deixo aqui meus agradecimentos ao Roney que gentilmente aceitou minha proposta e respondeu a todas as perguntas com maior prazer. Tenho certeza que as dicas vão ser úteis para todos nós!

    Leia também





    Comentários Comentários
    Um comentário

    […] de um ano atrás o Nutricionista Esportivo Roney Ferreira, colaborou com o blog com o post “Dicas de Nutrição Esportiva“.  Foi daí que convidei o Roney para colaborar periodicamente com o blog e apenas há […]