• Nutrição e Fitness
    15 de setembro de 2011 | Por Juan Alves
    Para que não sabe do que se trata, a Creatina (Cr) é uma substância diretamente envolvida no processo de disponibilização de energia, inclusive durante a musculação, sendo formada pelo nosso organismo e também complementada pela nossa alimentação.
    Pode-se usá-la em forma de suplemento para potencializar os estoques nos músculos afim de melhorar a força e aumentar a massa corporal magra. Para vocês terem noção, para se ingerir 3g de creatina você precisaria comer 1kg de bacalhau. Totalmente inviável né?
    Comprei a Creatina da Universal com este intuito e fiz seu uso durante aproximadamente um mês. 200 g do produto custou algo em torno de R$ 60,00.

    Uma das estratégias de suplementação mais bem aceitas é a que utilizei. Foi a “dose de carga“, na qual corresponde a 20 g a 30g de Cr por dia, divididas em 4 a 6 doses de 5 g (isto favorece a absorção e evita alguns efeitos colaterais).
    Após uma semana, utilizei doses de manutenção com o total de 2 a 5 g ao dia. O intuito foi de atingir o limite máximo de estocagem da Cr no músculo.
    Informações relevantes:

    O excesso de creatina é excretado pelos rins e esse tipo de suplementação pode sobrecarregá-lo caso o indivíduo possua algum problema.



    Durante a fase de dose de carga, recomenda-se 0,3 g de Cr/Kg de massa corporal durante 5 a 6 dias.

    Na fase de dose de manutenção, segue o uso de 0,03 de Cr/Kg por um período de 28 dias.

    Ingira a Cr com carboidratos simples, pois isso aumenta em até 60% sua absorção.

    A cafeína pode exercer efeito contrário do carboidrato, então de preferência evite a ingestão simultânea com a Cr.

    Após realizar estas duas fases, espere no mínimo 3 meses para repetí-la.

    Na prática, senti uma leve melhora no desempenho durante o treino, conseguindo aumentar o peso em vários exercícios. O aumento da massa corporal foi de aproximadamente 1 kg, ou seja, ao meu ver o uso deste tipo de suplementação é mais indicado para quem treina e se encontra em um nível intermediário/avançado.

    Leia também





    Comentários Comentários
    2 comentários
    Juan Alves, em 18 de setembro de 2011

    Pode sim, mas talvez não seja o mais interessante, já que a prioridade será emagrecer.

    Nessa caso te recomendo a ida a um nutricionista, de preferência nutricionista esportivo.


    _Saito20_, em 15 de setembro de 2011

    Pessoas com alguns quilinhos a mais podem fazer o uso desse suplemento?
    Adorei a resenha parabéns.