Traduzir para Espanhol Traduzir para Inglês

Testosterona e o Aumento de Massa Muscular

Texto escrito por Roney Ferreira

A pedido de alguns leitores, aqui vai o post sobre esse hormônio importante para o aumento da massa muscular: Testosterona.

Desta vez, o nosso Nutricionista Roney Ferreira destrinchou sobre como a alimentação e suplementação contribuem na produção do hormônio.

O testosterona é o principal hormônio androgênico e anabólico, sendo produzido naturalmente pelo organismo masculino (testículos) e em menor quantidade pelos ovários e glândulas supra-renais na mulher. É sintetizado a partir da degradação do colesterol (gordura).

No homem são produzidos cerca de 10 mg por dia enquanto a mulher produz por volta de 0,25 a 1,0 mg/dia.

Função: possui basicamente 2 funções. Com a função androgênica ela atua no desenvolvimento das características sexuais masculinas (barba, voz, órgãos sexuais e produção de espermatozóides). Como anabólica este hormônio atua principalmente no crescimento de ossos, ganho de massa, diminuição da gordura corporal e desenvolvimento de praticamente todos os órgãos do corpo.

Ganho de massa: o hormônio é imprescindível para o ganho de massa porque através de uma cascata de reações bioquímicas é capaz de estimular o aumento de força e da síntese protéica. Alguns alimentos e nutrientes específicos devem fazer parte da dieta para otimizar estes ganhos. Destaco alguns abaixo:

1)    Gordura: Sendo a testosterona um derivado do colesterol, devemos ingerir diariamente gordura. Ótimas fontes deste nutriente: amendoim, azeite extra-virgem, abacate, peixes, nozes, castanhas, amêndoas, linhaça e óleos vegetais como soja, canola e girassol. Evite gorduras saturadas e trans, como margarina, manteiga e aquelas aparentes que acompanham os cortes de carnes.

2)    Vitamina C: Demonstrou ser eficiente no controle do cortisol (hormônio de ação catabólica que abaixa os níveis de testosterona). Fontes: Frutas cítricas, como limão, laranja, maracujá, acerola, morango, tomate;

3)    Zinco: A carência deste mineral dificulta a liberação da testosterona nos testículos. Não estando livre na corrente sanguínea o hormônio não consegue desempenhar suas funções, sendo o anabolismo muscular uma delas. Boa fontes: Nozes, Castanhas, Carnes em geral, Salmão, fígado;

4)    ZMA (Aspartato de Monometionina de Zinco): Fórmula patenteada à base de minerais e encontrada em suplementos comerciais. É um composto que irá estimular a produção natural de testosterona pelo organismo. Essa produção não irá ultrapassar os níveis fisiológicos do organismo, não trazendo dessa forma os efeitos colaterais associados ao uso do hormônio em si, como por exemplo, quanto se usa testosterona exógena injetável.

5)    Tribullus Terrestris: Planta originária da Índia. Através de alguns estudos foi descoberto que o T. T aumenta os níveis dos hormônios testosterona, LH, FSH e estradiol. Esse aumento causado pelo Tribullus terrestris promove síntese de proteínas, balanço positivo de nitrogênio, melhorando também o stress muscular;

Vale lembrar que tanto o ZMA quanto o Tribullus apesar de serem suplementos não farmacológicos, o correto e mais sensato seria que o praticante de musculação passasse por uma avaliação profissional para determinar através de exames bioquímicos a quanto está o nível de testo e aí sim sugerir uma suplementação que de um “up” na estimulação natural deste importante hormônio.

Roney Ferreira de Proença
Nutricionista Esportivo
CRN-3 27016

Contato:
roney.nutricionista@homensquesecuidam.com

Comentários via Facebook:

18 comentários

  1. Adalberto Luiz Dezen

    Tomo Durateston a cada 21 dias. O que poderia complementar o aumento de massa muscular?

  2. Tenho 19 anos posso tomar ??

  3. Primeiramente preciso dizer que o seu blog está muito bom, assim como seus surpreendentes posts. De todos os outros posts que já li, o seu é o que me aparenta ser o mais íntegro! Este post é tão bom que tive de colocá-lo no Reddit, espero que não se importe.

  4. Mas o T.T. Estimula a produção do esradiol, que inibe a produção da testosterona. Então creio qua há divergência nesta matéria. Não quero causar polêmica, mas esta é uma dúvida.

  5. Ótimo post sobre o efeitos desses dois compostos no organismo. Sou biólogo e entendo sobre as reações metabólicas que estes compostos causam no organismos. No entanto, deve-se observar os índices hormonais que o indivíduo possui. Assim acredito que seja mais eficaz em homens e mulheres com idade acima dos 30 anos, pois estes suplementos são despresados pelo organismo quando em níveis normais. Como especialista Roney quais exames deveria requerer para vefiricar os níveis hormonais? Na minha cidade não há profissionais com sua especialização. Agradeço!

    • Ronaldo, tudo bem?

      Tenho 37 anos porém em uma família de 5 irmãos eu sou o menos desenvolvido, devido ao fato de ser o mais velho não me dediquei ao desenvolvimento corporal forçado (pois naturalmente não ocorreu) em vez de realizar atividades físicas fui focado mais em trabalho. talçvez por isso contribuiu para esta “má formação”.
      Hoje com a idade tento reverter esta “carência”, praticando a musculação. o interessante é que agora achei uma academia com instrutores qualificados porém eu gostaria de um efeito imediato para que eu possa suprir o que não consigo em treino. Como li e achei seu comentário bastante conclusivo além do post do Roney vi que o quesito Testosterona é bastante complexo e talvez por esse caminho eu possa viar a desenvolver o que não desenvolvi. Poderia me dar algumas dicas? Fico a disposição para qualquer questão que vc possa ter a mim!! Abs a todos e ótimo trabalho!

      • Fábio, aos 37 anos, é impossível que as sequelas de má formação física seja sanadas tomando-se apenas ZMA e T.T, é melhor você procurar um endocrinologista, explicar para ele o seu caso, fazer os exames para saber a quantas anda seu nível hormonal, e verificar se há a possibilidade do uso de algum tipo de reposição hormonal. Mas é bom que vc saiba, que crescer você não crescerá mais, seu orgão genital tb não poderá se desenvolver mais, estes benefícios serão apenas na composição muscular. Espero ter te ajudado.

    • Se for ao endócrino, provavelmente, ele vai pedir testosterona total, hormônio do crescimento (GH) e estradiol, basicamente. Aí vêm as principais enzimas hepáticas (TGO, TGP, GGT), função renal (uréia e creatinina) e, para não pecar, um hemograma é válido.

  6. Só para deixar uma coisa clara… o Tribulus é sim um suplemento farmacológico.
    Trata-se de um fitomedicamento, portanto seu uso pode trazer diversos riscos. Antes de utilizá-lo, deve-se consultar um endócrino e verificar com o seu farmacêutico possíveis interações medicamentosas e alimentares, ok?

  7. Mulheres a partir dos 50 anos sendo saudáveis e ativas fisicamente poderão fazer uso de algum medicamento para aumento de massa muscular? tenho dificuldade no aumento mesmo com exercícios com 6 séries

  8. Realmente o tribulus terretri é muito bom. Eu usei por um mes e tive resultados muito bons. Mas atençao com os efeitos colaterais: as espinhas aparecem e fica bem dificil para controlar o zezinho kkkkkkk serio, meu penis subia por motivo algum, passei por bastante constrangimnto kkk mesmo assim eu tomaria de novo, muito bom mesmo

  9. Raul,

    Envie sua pergunta para o Roney que ele irá te responder! Segue: roney.nutricionista@homensquesecuidam.com

    Abs!

  10. Roney ! Me socorra ! 

    Minha nutricionista me disse que tanto o “Tribulllus” como o “ZMA” serviriam para mim. Só que ela não é nutricionista esportiva. 
    Minha duvida é : O ZMA estimula a produção de testosterona. E o “Tribullus” ele é mais potente ou ele além de estimular produz o hormonio? 

  11. Muito boa materia eu ja sabia de tudo isso pois sou Bioquimico, contudo para a grande população mais leiga achei de muito bom tom e bom gosto esse post !

  12. Estava precisando de umas dicas dessas pra acompanhar minha academia, porque não adianta malhar e não ter uma alimentação adequada. Vlw, veio em boa hora =]]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>