Retirar o excesso de pelos na sobrancelha definitivamente é uma missão difícil para os homens, porém fundamental para não parecermos dos tempos das cavernas.

Seja no estilo faça você mesmo ou contratando um profissional será importante conhecer quais as áreas em que os pelos devem ser removidos.

Antes de me deter a esses detalhes é preciso deixar claro que para nós uma sobrancelha bem feita é quando praticamente não se percebe modificações, porque só aquelas pessoas extremamente detalhistas notam. Normalmente não se deve mexer na estrutura e o correto é limpar o “entorno”.

O passo inicial é ter em mãos (você ou o especialista em sobrancelha) uma boa pinça como os das marcas Revlon, Tweezerman, pois geramente aquelas baratas de farmácia não são eficazes. Além disso um ambiente com boa iluminação  é requisito para visualizar bem onde se está puxando.


Agora será hora de definir quais pelos puxar, muito cuidado! Para isso, apesar da bagunça na imagem acima, quis mostrar ditaticamente como conhecer os limites de extensão para nunca tirar demais!

A linha em azul é a linha imaginária de até onde a extensão da sobrancelha pode chegar, em outras palavras, nunca tire daí para cima. Para aferir esse limite use uma régua ou algo similar partindo do canto do nariz seguindo em direção ao lado externo dos olhos até chegar o ponto da sobrancelha que será sua referência.

a linha preta é para indicar quais os pelos do meio poderão serem retirados e segue a mesma lógica: pegue uma régua ou similar e siga do canto do nariz até a testa, encontrando assim o ponto limite.

Não te mistério! Os demais pelos espalhados pela testa e próximos das têmporas só precisam serem limpados quando estiverem distantes da sobrancelha como um todo.

O que NÃO fazer:

Com certeza o Cristiano Ronaldo não lê o HQSC. Ele retirou os pelos da região acima da pálpebra deixando-as arqueadas (afeminadas) e isso não é um exemplo a se seguir!

A última dica:

Caso peça para um profissional fazer a limpeza de excesso de pelos na sobrancelha, observe atentamente tudo que ele (a) fizer, pelo por pelo. Se achar exagerado, não pense 2x para reclamar e impossibilitar a continuidade.

Como sempre falo aqui, menos é mais para se garantir o resultado esperado.