• Nutrição e Fitness
    17 de abril de 2013 | Por Juan Alves

    Confira 05 dicas importantes para se escolher uma boa academia!

    1 – Identificar as opções:



    O primeiro passo é identificar quais as academias estão próximas de onde você mora ou trabalha, caso prefira ir após o expediente, depois disso, procure por amigos que já frequentem alguma delas e sonde opiniões a respeito.

    A academia precisa antes de tudo ser próxima de onde você está, ou seja, nada adianta querer se matricular na melhor academia da cidade se para isso você terá que pegar um trânsito, gastar um tempo considerável, entre outros fatores que podem desestimulá-lo.

    2 – Análise do local:

    Decidindo quais opções são viáveis (geograficamente falando) o ideal é visitá-las.

    Converse sobre os preços, serviços prestados (musculação, pilates, natação…), veja as instalações e suas condições. É possível também conversar sobre a possibilidade de fazer uma aula experimental, sem custo.

    Desta forma você poderá utilizar os aparelhos, ser orientado pelos profissionais, observar a quantidade de alunos e chegar a alguma conclusão prévia sobre a qualidade do serviço.

    3 – Matrícula:

    Geralmente há um valor que é cobrado no ato da matrícula. Lembre-se que valores são negociáveis e que com um jeitinho dá pra poupar a grana desse custo 😉

    Apesar da economia em planos anuais, pode ser mais viável em primeira instância pagar a mensalidade até que você esteja convicto que fará uso daquele serviço, possivelmente de qualidade, o ano inteiro. Releia atentamente as cláusulas do contrato caso pretenda firmar um!

    4 – Compre roupas adequadas e em uma razoável quantidade:

    É fundamental optar por roupas específicas para o exercício físico e em boa quantidade, até para não correr o risco de encontrar apenas roupas sujas quando precisar. Caso a grana esteja curta, invista com mais enfâse nas camisetas.

    Dica extra: o tamanho “P” das T-shirts esportivas geralmente vestem bem em pessoas com 1,75m de altura.

    5 – Avaliação física:

    Muitas academias cobram por essa avaliação (por ser terceirizado), que ao meu ver deveria ser o direito básico de quem usufrui desse tipo de serviço. Caso seja necessário, pague o custo adicional e marque sua avaliação física.

    Nela você saberá seu percentual de gordura corporal, peso, assim como medidas, nível de flexibilidade e resistência aeróbica, além de outras informações a mais.

     
    Espero que essas dicas sejam úteis para todos aqueles que estejam à procura de um bom ambiente para se exercitar com qualidade! Espero sugestões pelos comentários 😀

    Leia também





    Comentários Comentários
    6 comentários
    Josué Vando, em 17 de setembro de 2014

    Tamanha "P" para quem tem 1,75 o.O. Bem que você pudia criar um post para para homens petit, tenho 1,65 e confesso que sofro para encontrar roupas para o dia-a-dia quem dirá para ir à academia.


    Juan Alves, em 14 de outubro de 2014

    Josué, dá uma olhada nesse post: http://homensquesecuidam.com/2014/03/dicas-para-o-homem-baixo-se-vestir.html


    Marcelo Divino, em 29 de abril de 2013

    Parabéns, estas dicas são muito úteis! Segui à risca cada uma delas e fiz um verdadeiro investimento: matriculei-me em uma academia praticamente na mesma rua em que eu trabalho, apesar de eu considerar a mensalidade cara (R$ 255,00), compensa pela super estrutura, pelo serviço prestado pelos instrutores e demais profissionais que ali trabalham e está servindo de parâmetro para eu optar, depois, pelo plano semestral ou anual. Refiz meu “guarda-roupas” de malhação e agora é treinar e seguir uma dieta com disciplina, para colher os frutos que eu pretendo! Valeu!!!


    Mauro, em 17 de abril de 2013

    Moro em Brasília, aqui tem academias que variam de 89 a 500. Atualmente eu malho em uma que é 300 reais, pela infinidade de modalidades que oferece, entre piscina, lutas, yoga, entre outras coisas. A academia tem outra filial na cidade, à qual tb tenho acesso. Mas tem uma coisa engraçada. Tenho um sério problema com lugares quentes e abafados, e por isso só consigo malhar em uma das unidades, porque a outra tem um conceito de “ventilação natural”, e com isso, descartaram os ar condicionados. É um pesadelo estar pingando já na primeira série do primeiro exercício.
    Quando vou procurar procurar uma academia, uma das primeiras coisas que eu vejo é se eu acho a temperatura do lugar adequada. Malhar sentindo calor demais é uma tortura pra mim.

    Bom, fica aí também uma sugestão de pauta pro blog. Falar sobre suor, hiperidrose e tratamentos.


    Juan Alves, em 10 de janeiro de 2012

    Não não, aqui em Recife é na faixa disto também, daí para cima!


    Fabio Fernandes, em 6 de janeiro de 2012

    Aqui em Cba, o preço médio é de R$ 130…TA CARO?