• Nutrição e Fitness
    19 de junho de 2013 | Por Juan Alves

    Caseína - O que é

    Todo dia uma nova informação a favor ou contra suplementos aparece. A bola da vez é a caseína, utilizada em refeições intermediárias ou antes de dormir, por ser uma proteína de lenta absorção. A caseína corresponde a aproximadamente 80% das proteínas do leite.



    Estudos vem demonstrando que ela pode ser um composto inflamatório e tóxico ao nosso organismo, sendo inclusive relacionada ao aumento na incidência de câncer e doenças autoimunes.

    Porém é preciso estudar cada caso e ver a necessidade, pois excesso de carboidratos ricos em glúten e gordura também são altamente inflamatórios, podendo aumentar incidência de câncer inclusive.

    Por isso a necessidade da orientação antes de tomar qualquer suplemento! O profissional vai fazer uma série de perguntas pertinentes, exames e acompanhar a sua evolução. Tenho muitos pacientes em uso de caseína e o exame de eosinófilos (para citar um exemplo) está normal, não há nenhuma alteração. O consumo pode inflamar uma pessoa e não outra, individualidade é a questão!

    caseína vem do leite

    Existem outros suplementos e alimentos que podem substituir a caseína. Confira alguns deles:

    A albumina é uma excelente opção! Mastigue muito bem os alimentos se estiver usando essa suplementação e não fale durante as refeições, assim, a ingestão de ar reduziria consideravelmente, diminuindo a flatulência. Mas, indivíduos que possuem um intestino saudável, normalmente não apresentam este desconforto.

    A proteína isolada da soja também seria uma alternativa, mas muitos ainda tem medo de tomar pela presença de fitoestrógenos, temendo reduzir a produção de testosterona. Isso não confere! A proteína isolada de soja é uma excelente fonte de arginina, aminoácido que auxilia nos níveis de óxido nítrico e hormônio do crescimento.

    É possível ainda utilizar os seguintes alimentos:

    – Claras cozidas com cottage;
    – Omelete de claras com creme de ricota light;
    – Tilápia, salmão grelhados;
    – Atum light;
    – Peito de frango grelhado ou desfiado;
    – Carne magra grelhada ou cozida e desfiada;
    – Panquecas de claras com frango ou atum.

     
    Lembre-se, na dúvida  procure um nutricionista!
     

    Cristiane Spricigo

    Nutricionista especializada em Nutrição Esportiva.
    CRN1 7939
    BlogFan Page no FBTwitter.

     

     

     

     

    Leia também





    Comentários Comentários
    Um comentário
    João, em 23 de junho de 2013

    Show de bola o blog, sempre acompanhando aqui… Muito bom esse tipo de proteína, excelente para tomar pela noite e evitar catabolismo e pra ganho de massa muscular.
    Aprendi a importar por aqui nesse site, três vezes mais barato que no Brasil, recomendo pra galera maromba.
    http://importandosuplementos.com/como-importar/como-comprar-na-healthdesigns-ganhar-desconto-5-dolares