• Moda Masculina
    10 de novembro de 2014 | Por Juan Alves

    SPFW Inverno 2015 Moda Masculina HQSC

    A temporada de Inverno 2015 chega ao fim contabilizando, como é de costume, um número assustadoramente baixo de linhas masculinas apresentadas nas passarelas do maior evento de moda do país. Se por um lado a moda masculina tem ganhado em maturidade, por outro algumas marcas têm deixado os homens de lado salpicando aqui e ali um look para nós. Alexandre Herchcoitch exibiu um único look para os homens em seu desfile. A 2nd Floor, segunda linha da Ellus, colocou apenas dois.



    De toda forma, isso não é motivo para deixarmos de olhar com atenção as linhas completas desfiladas no evento. Dá uma conferida:

    Lino Villaventura

     
    Encerramento da SPFW - Lino Villaventura HQSC

    A linha masculina de Lino Villaventura começou exibindo suas características mais fortes: homens de lápis nos olhos, peças intrigantes e tecidos variados que a gente demora um pouco para entender. Lino é mestre em criar texturas em suas peças e em sua coleção de inverno não foi diferente deixando que o veludo e o tricô tomassem os holofotes. É verdade, são dois materiais que estão há algum tempo perambulando pela moda masculina nacional, mas ainda não haviam sido apresentadas desta forma.

    As peças destacaram a proximidade cada vez maior entre o “homem da moda” e a praticidade com calças leves, camisas impecáveis e casacos acima do joelho. O destaque fica por conta dos materiais, a jaqueta de veludo preto e dourado e as camisas brancas precisas.

     

    Osklen

    A Osklen apresentou um inverno bem seco e arejado inspirado na viagem de um casal globetrotter, provavelmente uma viagem aos trópicos dado o comprimento das mangas ou da ausência delas, mas quem sou eu para julgar o nível de frio desse tal casal, não é? De toda forma, os ângulos precisos, os materiais bem encaixados e os looks que só de olhar você já consegue se imagina usando.

    Encerramento da SPFW - Osklen HQSC

    Estava tudo lá. Com uma paleta que foi do preto ao verde musgo passando pelo xadrez escuro e estampas noturnas, a Osklen construiu um inverno de ótimas releituras, rico em informação multicultural e, por consequência, peça para todos os gostos. Destaque para a camisa sublimada com uma imagem noturna e vazados geométricos, os casacos bege/nude de abotoamento duplo e a silhueta sportwear empregada em boa parte da linha masculina – sempre uma assinatura forte da marca.

     

    Amapô

    Olhando toda a sua história, como seria um desfile que contasse do seu nascimento até hoje? Provavelmente a resposta mais precisa seja: Uma miscelânea sem fim! A Amapô fez isso, misturou na passarela tudo aquilo que diz algo sobre elas, Pitty e Carô, em todos estes anos da marca. Amapô é, para mim, essa explosão de criatividade, inovação e diversão que quando você olha logo identifica.

    Encerramento da SPFW - Amapô HQSC

     É incrível perceber que há o jeans, parkas, moletons, construções instigantes, figurativas, fauna, calças largas… Há um pouco de tudo e este “tudo” tem a cara da marca. Aos meus olhos, a Amapô criou a peça mais icônica da temporada, aquela que irá vender como água: um moletom azul com figura de felino. O destaque desta vez fica por conta da mistura de jeans com outros materiais, nas calças folgadas e na diversão sem limites que só a Amapô faz no país. Você pode não gostar, mas é inegável dizer que é bem coerente, bem feito, bem apresentado e bem divertido. Ao final do desfile, as estilistas foram aplaudidas de pé e mereceram.

     

    TNG

    A TNG apresentou vários looks com aquele ar que gostamos tanto de ver: Roupas bacanas que você já consegue, ali mesmo na sala de desfile, se imaginar usando. A marca se inspirou na história do jeans em sua coleção de inverno que exibiu ternos completos – estampados, inclusive -, calças jeans com mil e uma lavagens e desgastes, uma porção de casacos sensacionais, ótimos acessórios e muitos bolsos. O jeans ganhou lavagens detonadas com aquela cara de surrado, como também algumas marcas escuras, afinal o começo da história do jeans nada tem de glamour.

    Encerramento da SPFW - TNG HQSC

    O destaque vai para os sapatos marcantes de sola alta, os ternos completos bem alinhados, os óculos redondos e espelhados e o sobretudo verde de botões dourados fantástico. Por mais que muitas das calças tenham detalhes demais, ainda assim se conecta bem à proposta da marca que apresenta um homem urbano e contemporâneo que qualquer um pode se inspirar. A TNG colocou na passarela uma coleção comercial que une peças sensacionais ao nosso desejo por ver todas estas opções nas lojas.

    E assim termina a temporada de inverno da SPFW! Se você perdeu os primeiros três dias não deixe de ler o que rolou clicando aqui.

     

      Gregory Martins

    Editor TrendCoffee.cc
    BlogFacebookTwitter.

     

     

     

    Leia também


    Comentários Comentários