• Cuidados Pessoais
    25 de janeiro de 2016 | Por Juan Alves

    Se tem um penteado que fez a cabeça dos homens ano passado foi o coque que voltou a ganhar espaço e apareceu de diferentes formas! Mas 2016 começa com uma nova promessa que tem tudo a ver com essa onda dos cabelos compridos que nada mais é que a trança masculina.

    Vale lembrar que os cabelos crespos, em especial o homem negro, aposta nas tranças há muito tempo e na verdade trata-se de uma retomada dessa tendência que agora abre alas para os cabelos lisos também.

    Diferente de antes, as tranças dessa vez são em menor quantidade, aliás, ela pode ser simplesmente uma trança! É como um detalhe no cabelo que faz a diferença. No passado a febre era as tranças em toda extensão do cabelo e isso ficou para trás.

    Está curioso para ver como será essa tendência? Confira!

     

    Trança no cabelo masculino Homens que se cuidam 2

    Trança no cabelo masculino Homens que se cuidam 3

    Trança no cabelo masculino Homens que se cuidam 4

    Trança no cabelo masculino Homens que se cuidam 6

    Trança no cabelo masculino Homens que se cuidam 7 7

    Trança no cabelo masculino Homens que se cuidam 7

    E aí, que tal a trança no cabelo masculino? 

    Leia também
    Comentários Comentários
    5 comentários
    Marvin Rodrigues, em 5 de março de 2016

    Eu acho sensacional. Queria ter cabelão pra fazer.

    LEVI: com respeito, você pode usar o que quiser! Não se reprima! :)


    Fellipe, em 4 de março de 2016

    Olá Levi,

    Acredito que não por vários motivos e vou tentar listar aqui:
    1- As tranças não são foram utilizadas na antiguidade apenas por grupos africanos. Se você puxar da memoria vai lembrar de gregos e romanos com tranças nos filmes daquele período.
    2- “Apropriação Cultural” não pode ser confundida com “Apropriação Racial”. Lembre que você faz parte da cultura desse país e aqui é cultural o uso de tranças, você também pode se sentir participante dessa cultura.
    3- Apesar disso, seu posicionamento de pensar no próximo e respeita-lo é muito legal, continue assim. Mas hoje acredito que nossas diferenças físicas não devem ser um fator exclusivo ou que gere qualquer tipo de separação.


    Rodrigo santos, em 9 de fevereiro de 2016

    Muito bom


    Levi, em 26 de janeiro de 2016

    Eu sou branco e tenho o cabelo liso. Se fizesse tranças no meu cabelo, não seria acusado de apropriação cultural? Afinal, as tranças têm um significado político e histórico na luta do povo negro e acho que não posso usar simplesmente porque acho bonito.


    André, em 25 de janeiro de 2016

    Não curto muito.