HQSC Viagens: Salvador

No último feriadão da Páscoa, a convite, recarreguei as baterias por 04 dias no hotel Golden Tulip Rio Vermelho em Salvador – Bahia.

O Rio Vermelho é um bairro boêmio da cidade, relativamente próximo dos principais pontos turísticos, e point certo para se frequentar à noite por ter vários bares, restaurantes e casas noturnas.

 

Vista do lobby do hotel

Vista da varanda do quarto

Para pegar um sol sem sair com “efeito camarão”, ou melhor, amenizar os danos do sol aqui vão minhas três dicas:

Minesol Oil Control pro rosto, afinal dá para se proteger sem ficar oleoso, além do protetor em spray da Nívea com alta proteção e essas ampolas da Pantene que são uma salvação pós-piscina! Faltou apenas um protetor labial para arrematar.

Academia do Golden Tulip é um exemplo para muitos hotéis 5 estrelas…

Como aproveitei o período para descansar, consegui aproveitar bastante o hotel e em cada dia que estive por lá conheci um restaurante diferente. Aqui vão minhas dicas e sugestões!

Ki-Mukeka: tradicional restaurante de comida baiana que possui várias unidades.

Lá há muquecas de todos os tipos possíveis e inimagináveis! Os pratos são muito bem servidos e para mim, a muqueca de peixe serve 03 pessoas facilmente. Comida bem temperada, forte, e muito gostosa.

 

Casquinha de Siri do Ki-Mukeka (e minha bagunça já na primeira garfada rs)

Casa de Tereza: Com certeza o meu preferido! Foi uma grata surpresa encontrá-lo!  Tudo foi muito bem planejado, desde os móveis, aos ambientes, atendimento e claro, a comida.

Aberto apenas há 06 meses, a cozinha é baiana contemporânea. De sobremessa peça pudim de cocô com espumante, é íncrivel e dá vontade de bis! #vaigordinho hehehe



 
Salvador Dalí: o risoto de camarão tem um quê da muqueca baiana e é uma delícia!É um mix da casa.

Há uma varanda no local com uma vista pro mar, ótimo para comer sem pressa e relaxar enquanto sacia a fome.

Camorões do Salvador Dalí

Fogo de chão: um dos melhores rodízios de carne do Brasil! Como em Recife não possui uma unidade, e muitas outras capitais do país também, é uma ótima pedida para conhecer essa rede.

Para quem nunca foi, prepare o bolso, pois serão R$ 90,00 por cabeça. De qualquer modo, vale cada real gasto pela qualidade excepcional dos cortes, e por todos os outros requisitos que compõe um bom restaurante.


Camiseta – Osklen | Bermuda – Hering | Sapatênis - VR São Paulo | Cinto - Zara

Para finalizar, consegui registrar apenas um look, mas tá valendo!

 
Gostaram? Soteropolitanos e viajantes de plantão, mandem mais dicas nos comentários ;)

Leia também:

HQSC Viagens: Buenos Aires

No mês de Novembro o mais novo Correspondente RJ do HQSC  Bruno Brandão esteve em Buenos Aires e reuniu dicas de lugares para quem irá curtir a cidade. Confira!

 Texto escrito por Bruno Brandão
 

Fala pessoal!

Fiz uma viagem para Buenos Aires por uma semana e posso dizer que fui surpreendido positivamente pelas belezas da cidade e principalmente pela ótima receptividade do povo argentino.

A primeira dica é pegar um táxi na empresa VipCar no próprio aeroporto/Ezeiza, a ida até o centro custou 210 pesos argentinos. Tratei tudo por e-mail e não tive problema nenhum. Quanto a hospedagem, aluguei um apartamento bem no Centro, próximo ao Obelisco. Pude comparar o preço com os hotéis da região e o custo beneficio é fenomenal.

Dentre os pontos turísticos visitados, sugiro: Casa Rosada, Puerto Madero, Obelisco, passeio no Tigre, Plaza San Martin, Caminito e La Bombonera!

Ainda sobre transporte, o táxi em Buenos Aires não é tão caro quanto no Brasil, mas aconselho aos leitores utilizarem os transportes coletivos, metrô e ônibus. As linhas são bem sinalizadas e mesmo estando pela primeira vez na “terrinha dos hermanos”, não fiquei perdido em nenhum momento.

Fazer uma visita guiada na Casa Rosada é ótimo para quem quer conhecer a história do país.

Acho válido fazer um passeio no Buenos Aires Bus, percorrendo os principais pontos turísticos. Custa algo em torno de 120 pesos, o pacote de 24 hs. Você pode descer em alguma parada e pegar o ônibus seguinte.

 

Com relação as compras,  infelizmente os preços estão equivalentes aos do Brasil!

Porém, não deixem de “garimpar” a Rua Florida, pois achei algumas coisas interessantes. Principalmente na loja de departamentos Falabella, várias marcas de cosméticos estão presentes dentre elas MAC, Clinique, Dior e Lâncome. Também vale a pena passar na Farmacity, você pode encontrar uma filial  em quase todas as ruas de Buenos Aires.


O shopping Galerías Passífico, é um charme, praticamente todas as lojas mais “chiques”  estão presentes. Porém, o shopping que eu mais gostei, foi o Abastos Shopping.

Apesar de não ter o “melhor café do mundo”, o Café Tortoni, deve estar presente no roteiro de todos que visitam a capital argentina. Um charme e  aconchegante. Se pensar em sorvete, aprecie um sorvete de doce de leite na sorveteria “artesanal” Fredo, maravilhoso!


 
Por fim, não saia de Buenos Aires sem comprar o alfajor da Havanna!

 
Confesso que cheguei no Rio com uma sensação de quero mais, porque essa semana passou voando! Espero poder retornar pois acho que a cidade ainda tem muito para oferecer.

Para quem já conhece Baires, compartilhe mais dicas de lugares ;)

Leia também: