Homens que se Cuidam

ler posts recentes

EXPONDO A MASCULINIDADE FRÁGIL DE ALGUNS SEGUIDORES

Quando eu criei o Homens que se Cuidam há 9 anos o termo masculinidade frágil nem existia como é usado hoje em dia, mas eu me lembro que tinha uma pergunta recorrente da época que era se eu não tinha receio de falar sobre conteúdos de beleza e moda masculina com tantos tabus envolvendo o cuidado pessoal masculino.

Pois é, de 2010 pra cá 9 anos já se passaram e as discussões sobre o que é ser homem, quais valores nos devemos nos orgulhar e o empoderamento masculino estão no centro das discussões, inclusive políticas.

Por isso, eu resolvi compartilhar com você que me acompanha um pouco de comentários, sim apenas alguns de tantos, que recebi nos últimos dias para você perceber como essa questão é completamente atual.

Muitos homens ainda associam ao fato de ser grosseiro e simplesmente não se cuidar com a masculinidade ou pior ainda, associam tudo aquilo que está para além da sua própria aceitação como algo destinado ao público gay, como se um gay não fosse homem, confundido gênero com orientação sexual e marginalizando homens gays.

E olha que esse fuzuê todo mesmo eles, responsáveis pelos comentários a seguir, estando seguindo um página voltada aos assuntos que envolvem moda e beleza masculina! Se liga 😉

 

Masculinidade frágil no Homens que se Cuidam

Publicação aleatória para falar sobre óculos de grau

 

Será que o problema para esse seguidor está no fato do cara da foto ser muito bonito? Porque se fosse uma pessoa com beleza genérica certamente não geraria engajamento. Então a beleza de outro homem desestrutura a masculinidade frágil e para se sentir melhor, ele tenta xingar o dono da página… Tosco!

 

Se a página é para homens, como mostrar os óculos em uma mulher? Daí os cidadãos acima tentam associar beleza masculina com sexualidade LGBT

 

Masculinidade frágil em peça polêmica

 

Poderia comentar o mesmo do que falei acima no outro post… Não ser “padrão” é visto com distorções por muitos homens ainda que associam o diferente com orientação sexual

 

O Luis está achando que há uma guerra entre homens héteros e gays, mas ele está esquecendo que em uma sociedade machista muitos homens gays tem comportamentos discriminatórios para eles mesmos! Ainda bem que contamos com o bom senso da Yanni para dar uma resposta educada e precisa.

 

Masculinidade frágil envolvendo sexo anal

Apesar da foto ter dois homens, o conteúdo é sexo anal, prática comum entre casais de todos os tipos. Será que o Jefferson e João não sabem disso? E se fosse um casal hétero, os homens gays poderiam se sentir “incomodados?”

 

Como que dicas sobre sexo podem incomodar tanto o colega acima? Imagina a seguinte situação: tenho cabelo crespo e vejo um post sobre cabelo ondulado, devo deixar de seguir a página ou sigo minha vida normalmente? Claro, tenho que tenho que expor minha masculinidade frágil comentando minha descurtida! Acrescenta muito em todas as nossas vidas…

 

Esse é o lado perverso da masculinidade frágil, você associa algo que deveria ser encarado como comum entre pessoas adulta, mas é visto como algo pejorativo socialmente e associa com uma minoria, então zoa seu amigo linkando ele a tudo isso no formato de brincadeira.

 

Um homem empoderado detectado!

Por que se fosse uma imagem de casal hétero tava tudo bem e quando é de um casal gay choca tanto? Porque pra muitos ser homem é se casar com uma mulher, bancá-la e ter 2 filhos. Tudo fora dessa bolha é errado.

 

Masculinidade frágil e gordofobia

Como alguém ousa criticar outra pessoa pela roupa que ela veste associando o estilo a orientação sexual? E mais, o que isso tem a ver com a vida do outro?

 

Eu pensava que não dava pra piorar, mas daí veio esse comentário horroroso

 

Ou seja, ter estilo pessoal e se cuidar é ser gay? Por que tanta ignorância e julgamento da vida alheia?! Inacreditável. Se ele não gostou da roupa não era mais fácil dizer apenas que não usaria?

 

Masculinidade frágil em foto conceito

Masculinidade frágil dói na alma! Pro Samuel homem não pode usar cor

 

Mais uma vez, ser diferente é sinônimo de orientação sexual gay. Alguém explica pra ele porque ufa… Cansei por hoje!

 

É meus amigos + incríveis, como vocês podem ver nosso país tem muito preconceito em diferentes esferas da sociedade e a masculinidade tóxica precisa ser combatida se quisermos ser quem sentimos que somos sem imposição da sociedade como devemos ser.

Se cuidem e “tamo” junto que a luta pelo direito a igualdade e respeito é nossa enquanto sociedade seja você como for, seja por suas condições ou escolhas!

Leia também

Comente pelo WordPress