Homens que se Cuidam

ler posts recentes

Treinamento Funcional

Nutrição e Fitness 23 novembro 2011 | Por Juan Alves
Post escrito por Mauro Lucena
O Treinamento Funcional é um tipo de treinamento na qual o indivíduo consegue, em um programa de treino, desenvolver e aprimorar todas as suas capacidades físicas (força, resistência, velocidade, agilidade, potência, equilíbrio, mobilidade e flexibilidade).
 
Esse tipo de treino pode e deve ser aplicado a qualquer indivíduo, da dona de casa ao atleta de alto nível – da criança ao idoso, cada um terá um objetivo específico a ser alcançado.


Após um levantamento detalhado de tudo o que seu cliente busca é necessário prepará-lo para iniciar a prática. Com isso, o “core” (centro do nosso corpo) será a base para tudo que será trabalho que iremos desenvolver durante o treinamento. Sem um core fortalecido você não progride! A base do treinamento funcional é de que toda a nossa força ela sai do centro para as extremidades e é aí que o core torna-se fundamental, causando estabilidade e gerando força. 
Diversos são os movimentos a serem realizados, tais como: empurrar – puxar – saltar – rodar – correr… o mais importante nesses exercícios são a forma como eles são executados, observando a postura e eficiência do movimento.

 A infinidade de exercícios e a variedade na quantidade de materiais possibilita a prática em qualquer espaço, seja na academia, praia, parque, praça ou até na sua própria casa. Pneus, cordas, bolas, troncos de madeira, cones, elásticos e TRX são alguns exemplos de materiais utilizados nos treinos. 

Uso do TRX e o Fivefingers
Destaco entre os materiais o TRX, pois é um equipamento de fácil transporte e de uma infinidade de movimentos a serem executados. Uma outra dica é utilização de um tipo de tênis, muito comum nos USA e Europa, o Fivefingers ( uma “luva” para os pés ), pois você consegue estimular os dedos do pé durante os movimentos auxiliando na estabilidade e proporcionando um maior equilíbrio.

Neste vídeo é possível assistir e observar um pouco deste tipo de treinamento:

Para finalizar, gostaria de agradecer ao Mauro Lucena, Personal Trainer de renome aqui em Recife – PE, que aceitou o convite de colaborar com o blog escrevendo esse post sobre o seu trabalho.
Fotos e vídeo: Mauro Lucena

Leia também

Comente pelo WordPress

5 Comentários

  • Juan Alves
    29 nov 2011

    Com um bom personal trainer, com certeza você terá excelentes resultados 😉

  • Juan Alves
    29 nov 2011

    Vania,

    Justo! A praticidade da prática e a metodologia são os grandes diferenciais.

    Abs!

  • Trend Coffee
    29 nov 2011

    Parece super funcional. Não custa tentar, não é?

  • *Vania* Almeida
    24 nov 2011

    Gostei muito do post. Os treinos funconais estão em alta e são muito eficazes para quem quer deixar corpo definido e emagrecer. Parabéns!!
    abs
    Vânia Almeida
    http://www.cuidandodocorpo.com

  • David Rufino
    24 nov 2011

    Bora se cuidar meu povo!!!

  • O que é o Treinamento Funcional?

    Nutrição e Fitness 09 setembro 2011 | Por Juan Alves
    Já há algum tempo rolou um “bum” quanto a esse tipo de treino em várias academias, mas alguém aí sabe do que se trata o Treinamento Funcional?
    Em resumo ele simplesmente visa ser funcional para algo. Não se pensa em treinar 2, 3 ou 4 músculos e sim um grupo muscular de maneira íntegra.
    Um dos seus fundamentos é o fortalecimento da musculatura do centro do corpo (CORE), com o objetivo de propiciar autonomia para o sujeito desempenhar seus movimentos do dia-a-dia.
     
    Os materiais utilizados são dos mais diversos e até inusitados para nós, como por exemplo o peso do próprio corpo, cordas, elásticos, bolas de diversos tamanhos, TRX (imagem abaixo) entre outros. 

    Alem do material de custo relativamente baixo, outra vantagem é que não necessariamente precisa-se de uma academia para se exercitar.

    Devidamente adequado aos seus objetivos, o treino contribui com a diminuição da incidência de lesão (vários atletas de ponta já contam com este tipo de treino), melhora da resistência central, melhora a flexibilidade, propriocepção e porque não gerar hipertrofia dependendo do planejamento.

     
    O Educador Físico pode e deve associá-lo com exercícios aeróbicos (e musculação caso haja interesse do aluno), sendo bastante importante dinamizar os exercícios para estimular o praticante.
    A quem se interessar sobre e não sabe se na sua academia há este tipo de treino, procure por um profissional da Educação Física especializado neste tipo de treinamento e que possua boas referências. Com certeza haverá algum próximo de você!

    Fotos: Reprodrução/TRX Training

    Leia também

    Comente pelo WordPress