LOUIS VUITTON PASSA A PRODUZIR ÁLCOOL EM GEL GRATUITO

A pauta não tinha como ser diferente, mas uma vez vamos falar do coronavírus e uma boa notícia dessa vez! A fim de combater a pandemia, o grupo responsável pela Louis Vuitton, o LVMH, passou a produzir álcool em gel gratuito para França.

O grupo que controla a Louis Vuitton e outras marcas de luxo, o LVMH, anunciou há algumas semanas que vai produzir álcool gel e distribuí-los gratuitamente na França para ajudar no combate ao coronavírus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A empresa comunicou que o produto será feito pela divisão de cosméticos da companhia, a Parfums Christian Dior, Guerlain e Parfums Givenchy.

 

Álcool em gel gratuito by Louis Vuitton

A idéia é simples! Ao invés deles produzirem perfumes, eles irão produzir álcool em gel através das suas marcas mencionadas acima

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A LVMH usará as linhas de produção de suas marcas de perfumes e cosméticos para produzir grandes quantidades de géis hidroalcóolicos”, afirma o comunicado da marca.

Todos os produtos fabricados pelo grupo da Louis Vuitton serão entregues gratuitamente ao governo francês, a qual irá distribuir os produtos para 39 hospitais públicos do país.

 

» Saiba como fazer doação contra o coronavírus no Brasil!

 

Com expertise na fabricação de perfumes de luxo, o grupo LVMH dará uma pausa na produção

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A iniciativa é muito bem-vinda nesse momento de pandemia, afinal a saúde está como prioridade, né?

 

Álcool em gel gratuito graças a Louis Vuitton, na França

 

Vale lembrar que atualmente a França tem 2.314 mortes  e 37.575 casos confirmados. Assim como no restante do mundo, no Brasil a recomendação é a mesma dada pela Organização Mundial da Saúde com o isolamento social, a fim de reduzir o impacto da doença na população e serviços de saúde.

Não esqueça de se cuidar a si e procurar fontes da área de saúde para embasar suas decisões do que fazer para se proteger contra o coronavírus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Confira também:

 

Leia também

Deixa um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *