Homens que se Cuidam

ler posts recentes

#JuanViaja Dicas de Viagem para Arraial do Cabo (RJ)

Juan Viaja 22 março 2018 | Por Juan Alves

Mano do céu há quanto tempo que eu não desenterra por aqui as minhas viagens com o #JuanViaja! 😀 E como eu sou adepto do antes tarde do que nunca quero hoje dar dicas de viagem para Arraial do Cabo, esse pedacinho do Rio que tem praias espetaculares conhecidas como Caribe brasileiro.

Viajei com 3 amigos para Arraial em Dezembro do ano passado e já estávamos no Verão, então fica a primeira dica, de ir pra lá ANTES das férias escolares (Dez/Jan) ou APÓS o Carnaval porque geral viaja pra lá nessa época e entope a cidade.

Para quem não conhece a estrada para lá é sussa, leva para região dos Lagos. Super compensa ir à Búzios, Cabo Frio e Arraial em uma viagem de 3 a 5 dias, mas o nosso foco foi apenas Arraial indo na Sexta à tarde e voltando Domingo à noite. Com trânsito bom são cerca de 2 horas e meia saindo da Zona Sul pra lá. Lembre-se da grana dos pedágios e de parar na Casa do Alemão pra lanchar.
 

Dicas de viagem para Arraial do Cabo

Nos hospedamos em um lugar sem igual, uma casa no condomínio incrível chamado Casas Brancas! A anfitriã foi a Soraya e se eu achar o link para sua casa atualizo por aqui. Alugamos pelo Airbnb que pra quem não conhece é um site de hospedagem na qual os proprietários oferecem suas casas por valores diversos. É extremamente conhecido no mundo todo e confiável também. E olha que legal… Para quem fizer o cadastro no Airbnb ganhará R$ 130 clicando aqui.

O condomínio é inspirado no estilo grego e fica no alto, dá pra descer de escadas para Praia Grande, lugar onde dá pra assistir o pôr-do-sol e como eu amo, não perdi nenhum dia. Nossa casa era virada pro lado oposto (centro da cidade/nascer do sol), mas a casa do vizinho estava vazia e como não há muros eu ia pra lá pra contemplar o sunset! kkkk #maravilhoso
 

Essa é a entrada dos fundos do condomínio, onde tem a vista direta pro pôr-do-sol do alto!

 

Olha as ruelas do condomínio que lindas!

 
No Sábado nós fizemos o passeio de barco que é atração obrigatória! A saída dos barcos fica na Praia dos Anjos e nós fechamos com o Rafael (fone: 22 99913-7997) saindo cerca de 30/40 reais por pessoa (não lembro direito). O barco tinha capacidade para 20 pessoas e rolava aquelas músicas pop brasileiro do momento, então para quem quer mais privacidade pode fechar outro barco para menos pessoas pagando mais caro.

O rolê começou na Praia do Farol que é uma reserva ecológica sob a proteção da marinha. É considerada uma das praias mais lindas do Brasil e tem limite de pessoas/tempo para estar nela ao mesmo, assim como limite diário para entrada de pessoas.
 

Passeio de barco em Arraial

Como saímos um pouco tarde, por volta das 11:30, já não tínhamos como entrar nela e a embarcação teria que aguardar quase 1h para poder entrar. Sim, tinha fila de barcos pra entrar nela e fiquei pu#!@ por não termos saído mais cedo. Então seguimos para outras praias.

O tour acontece passando por pontos turísticos lindos que inclui passagem pela frente da gruta azul, fendas e pedras esculpidas pela natureza até chegar na praia do Pontal. Essa é aquela praia que tem a escadaria linda pelo acesso por terra que todo mundo tira foto, mas como vinhemos do mar já caímos direto na praia.
 

Todas as praias de Arraial tem a areia surreal de branca e fofa! Meu Deus, como pode ser tão fofa e gostosa de sentar em cima sem pestanejar! haha A água é sempre geladíssima porque tem correntes marítimas da ressurgência (estou replicando o que ouvi rs), mas em compensação olha a cor do mar que espetáculo.

Na sequência do passeio podemos optar pelo restaurante flutuante ou praia do Forno, mas como essa última tem acesso por uma trilha, deixamos para o outro dia e então fomos almoçar. Na volta já era fim de tarde e à noite em Arraial é bem calma, por isso curtimos um restaurante que não recordo o nome, mas tinha boa comida a preço OK.
 

Trilha da Praia do Forno

No dia seguinte já era Domingo e fiz uma corrida matinal logo cedo na Praia Grande porque como disse ficava colado com o nosso condomínio, era apenas descer as escadarias. Depois fomos para Praia do Forno e putz… Quando me falaram que a trilha era fácil eu achei que seria bem tranquilo, mas não, espere encontrar uma subida íngreme que combinada com sol torrencial é punk kkkk #Cadêocondicionamentofísico?

A Praia do Forno é linda demais também (já ficou redundante), o que é normal porque todas as praias de lá são surreais, mas como estava muuuito cheia (ela é curtinha) fomos dar um rolê na entrada da cidade (Prainha) e como começou a ventar demais ficou insuportável a temperatura mais fria com rajadas de areia no corpo rs.
 

Foca nessa água cristalina de novo!


 

Casa do vizinho invadida para foto haha

 
Voltei de lá pro Rio certo que foi uma viagem que todo brasileiro merece fazer! Só a cidade que é pequena e não irá comportar tanto turista, mas é um pedacinho do nosso Brasil lindo demais. Como todo país, a população/governantes precisam estar atentos pro crescimento desordenado, como a favelização, para que esse paraíso não perca o que tem de melhor: a própria natureza.

E aí, curtiu as dicas de viagem para Arraial do Cabo? Eu espero que tenham sido úteis e qualquer dúvida comenta por aqui 😀

Agora você já sabe, pra não perder minha próxima viagem me segue no Insta! Vale lembrar que agora estou no @euJuanAlves para mostrar meu dia-a-dia e no @HomensqueSecuidam para looks, tratamentos e afins.

 

Leia também

Comente pelo WordPress